[X]
[X]
[X]
[X]
[X]
[X]
Responsabilidade Ambiental

Responsabilidade Ambiental

A responsabilidade ambiental da Wilson Sons é demonstrada de diversas maneiras, como o uso consciente dos recursos naturais, a busca pela redução dos impactos ambientais das operações, as certificações, a adoção de tecnologias mais limpas, a aquisição de equipamentos que emitem menor volume de dióxido de carbono (CO2). A Companhia possui um comitê ambiental para analisar os segmentos de suas atividades de forma a estabelecer política de conscientização interna, controles das atividades de risco, planos de ações e de emergência específicos para cada segmento, tornando a prestação dos seus serviços mais eficiente e segura, contribuindo para minimizar os impactos das suas atividades no meio ambiente. Iniciativas
  • O Tecon Rio Grande, por exemplo, realizou em 2011 seu primeiro inventário de gases de efeito estufa (GEEs), referente ao ano de 2010, seguindo a metodologia do Programa Brasileiro GHG Protocol (Protocolo de Gases de Efeito Estufa), o mais utilizado do mundo. O levantamento foi realizado em caráter piloto, com o objetivo de estimular a cultura de inventário na unidade e no Grupo, identificar oportunidades de redução e comparar o desempenho da unidade com outras organizações similares.
  • O Tecon Salvador, a novidade consistiu na aquisição de Rubber Tyred Gantries (RTGs) – ou guindastes de pátio sobre pneus – elétricos, que representam uma tecnologia de menor impacto ambiental se comparada com os equipamentos convencionais a diesel. Com os novos equipamentos, deixarão de ser emitidas, aproximadamente, 2.500 toneladas de CO2 equivalente por ano.
  • A Wilson Sons Logística implementou, no EADI Santo André, um sistema de captação de água da chuva em 2012. O sistema permite recolher, filtrar, armazenar e disponibilizar essa água para uso na limpeza do piso do armazém, o que resultará em uma economia de 528 mil litros de água por ano.
  • Na Wilson Sons Rebocadores, todos os novos rebocadores construídos no estaleiro da Wilson Sons já possuem motores com sistema de gerenciamento eletrônico que reduz a emissão de gases poluentes.
  • A Wilson Ultratug Offshore também foca na inovação das embarcações, substituindo os motores convencionais dos seus PSV`s por motores diesel elétricos o que resulta na redução das emissões de CO² e na otimização na energia utilizada.