[X]
[X]
[X]
[X]
[X]
[X]

Notícias

21/7/2017 - Benfeitor das exportações

Na edição deste ano, o Prêmio Exportação RS decidiu homenagear o diretor-presidente do Tecon Rio Grande, Paulo Bertinetti, com uma distinção especial. Trata-se do Prêmio Revelação em Comércio Internacional, criado de forma extraordinária para reconhecer a trajetória de um líder empresarial que vem contribuindo para fortalecer toda a cadeia exportadora do Rio Grande do Sul.

À frente do Tecon Rio Grande, Bertinetti tem a responsabilidade de conduzir as operações da principal porta de entrada e saída de mercadorias do Estado. Também é responsável pelo processo de modernização permanente do terminal - por meio de uma série de projetos de automatização e qualificação da força de trabalho. Nos últimos vinte anos, o Tecon Rio Grande já recebeu cerca de R$ 600 milhões em investimentos. Somente em 2017, foram R$ 155 milhões em novos equipamentos e na inauguração de um novo sistema operacional.

"Nossos clientes armadores estão em Roterdã, Antuérpia, Houston, Hamburgo e também vêm a Rio Grande todas as semanas. Nós temos o compromisso de atendê-los com o mesmo patamar de qualidade dos melhores terminais do mundo", explica Bertinetti.

Hoje, o Tecon movimenta 98% da carga conteinerizada do Porto do Rio Grande e é um dos poucos terminais brasileiros que podem ser acessados por três modais de interiorização - ferroviário, hidroviário e rodoviário. Ao todo, emprega cerca de 900 funcionários e atende aproximadamente 3.000 importadores e exportadores. Em 2016, mesmo diante da retração econômica no mercado doméstico, o Tecon registrou um aumento de 7% no volume total de cargas movimentadas.

Mas o trabalho de Bertinetti não se restringe ao terminal de Rio Grande. Também passa por iniciativas que fomentam toda a cadeia exportadora gaúcha. Exemplo disso foi a reinauguração, em setembro de 2016, do Terminal Santa Clara, também conhecido como Contesc. Localizado junto ao Polo Petroquímico de Triunfo, o terminal estava desativado desde 2009. Agora, renasce com capacidade para movimentar até 100 mil contêineres por ano e se estabelece como um novo canal de ligação entre o interior do Estado e o Porto de Rio Grande. Para Bertinetti, o Contesc é um projeto estratégico para fidelizar os exportadores da região. "Hoje, muitos deles encontram isenções fiscais e outras vantagens acima do Rio Mampituba. Nesse contexto, o Terminal Santa Clara será muito importante para facilitar a chegada das cargas gaúchas a Rio Grande", garante.

Prestes a subir ao palco do Prêmio Exportação RS, Bertinetti se disse lisonjeado e orgulhoso com a distinção. "Com a idade que tenho, receber um 'prêmio revelação' tem um significado especial', afirmou. Para ele, o reconhecimento é fruto de um trabalho coletivo que envolve toda a equipe do Tecon Rio Grande. "Nosso time tem muito respeito pelo mercado e pelo trabalho que faz. É um time jovem em comportamento e ideias, com vontade de fazer as coisas e sem medo de errar. Ninguém faz nada sozinho", declarou.

Além disso, Bertinetti destacou a tradição e relevância do Grupo Wilson Sons, controlador do Tecon Rio Grande. Com mais de 180 anos de história, a corporação está consolidada entre os maiores operadores de serviços portuários, marítimos e logísticos do Brasil. "É um grupo extremamente sério, ético, que cumpre o que promete", enfatizou.


Fonte: Zero Hora