Investimentos em tecnologia e processos de manutenção geram aumento na produtividade do Tecon Rio Grande | Grupo Wilson Sons 
Notícias

21/5/2019 - Investimentos em tecnologia e processos de manutenção geram aumento na produtividade do Tecon Rio Grande

O Tecon Rio Grande, terminal de contêineres do Grupo Wilson Sons, vem realizando significativos investimentos para aprimorar a confiabilidade de sua operação. Como resultado, aumentou a produtividade, a disponibilidade dos equipamentos e seus índices de qualidade.

“Com o Projeto Eficiência da Manutenção, buscamos tornar a empresa benchmarking internacional no gerenciamento de ativos. Focamos no desenvolvimento, a partir da melhoria contínua, para gerar valor econômico e excelência em manutenção”, conta Romildo Bondan, diretor de Operações do Tecon Rio Grande.

Pioneiro entre os terminais portuários do país, o projeto está na segunda fase de implantação. A iniciativa segue os pilares do World Class Maintenance (WCM), que une as melhores práticas de gestão de ativos do mundo. “O WCM promove a cultura colaborativa para assegurar que a visão e o senso de propriedade dos métodos de manutenção permeiem em toda a organização”, explica Bondan.

Entre as mudanças já realizadas estão a revisão da estrutura da manutenção (headcount), com a criação do cargo de Planejador de Manutenção, otimização dos turnos, controle e auditorias de campo, análise de falhas com estudo focado no breakdown, antecipando possíveis falhas na operação, e a implantação do sistema Sigga, destinado à gestão de ativos e manutenção.

De acordo com Bondan, em 12 meses, houve o atendimento integral do cronograma de manutenção preventivas, com um aumento de 71% no indicador de Wrench Time, que mede a produtividade de cada profissional. “Merece destaque ainda o número de manutenções programadas versus emergenciais. Hoje cerca de 80% dos serviços são planejados”, conta o diretor de Operações. 


Fonte: Portal Naval