Notícias

30/6/2016 - Tecon Rio Grande comemora recorde em segurança

O Tecon Rio Grande, terminal de contêineres do Porto do Rio Grande (RS), empresa do Grupo Wilson Sons, comemora uma importante conquista. A empresa completou a marca de 2 milhões de horas-homem sem acidentes de trabalho com afastamento. Essa marca habilita o Tecon ao recebimento do Prêmio WS+, uma premiação criada pela Wilson Sons para reconhecer a excelência na gestão de segurança de seus negócios que atingem este resultado.

Segundo o diretor-presidente do Tecon Rio Grande, Paulo Bertinetti, a conquista é resultado de uma sucessão de programas e iniciativas, desde 2012, voltadas à mudança comportamental dos colaboradores com foco no aumento da segurança. A partir da campanha Risco Zero e com a implantação do Programa WS+, o Tecon reduziu a taxa de frequência de acidentes de 8,75 em 2011 para 1,00 em 2015, e para a atual de 0,00. Entre 13 de maio de 2015 e 01 de junho deste ano, aproximadamente mil pessoas, entre funcionários próprios e terceiros fixos, trabalharam no Tecon Rio Grande sem sofrer acidentes típicos que resultassem em afastamento, totalizando 2 milhões de horas-homem.

No Grupo Wilson Sons, o programa WS+ começou a ser implantado em 2011. O piloto foi realizado na Wilson Sons Estaleiros, no Guarujá (SP), e, em seguida, reproduzido nas demais empresas do Grupo. O objetivo é criar uma cultura de SMS (saúde, meio ambiente e segurança) com base no reconhecimento das responsabilidades de cada colaborador; disciplina no cumprimento das regras; conceito de dono; engajamento das lideranças; e administração dos desvios. De 2010 (ano anterior ao início da implantação do programa) a 2015, a taxa de ocorrência de acidentes de trabalho foi reduzida em quase 80%. Houve também uma redução significativa na taxa de gravidade dos acidentes com afastamento. Entre 2013, ano em que o índice passou a ser monitorado, e 2015, a queda foi de 51%, passando de 140 para 68 dias de trabalho perdidos para cada 1 milhão de horas de exposição a risco.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), cerca de 317 milhões de acidentes de trabalho ocorrem todos os anos no mundo, deixando um número aproximado de 2,3 milhões de vítimas. O Brasil ocupa a 4ª colocação no ranking mundial desse tipo de acidente. De acordo com o Anuário Estatístico da Previdência Social, 704.136 ocorrências foram registradas em 2014. Somente no setor de operações portuárias foram 504 ocorrências no mesmo ano.


Fonte: Assessoria de Imprensa