Notícias

24/8/2018 - Tecon Rio Grande investe em software para gestão de ativos e manutenção

O Tecon Rio Grande, terminal de contêineres do Grupo Wilson Sons, adquiriu o software Sigga, destinado à gestão de ativos e manutenção. Integrado ao sistema SAP, o programa permite gerar ordens de manutenção, reserva de materiais e apontamento da mão de obra por meio de um dispositivo móvel e em tempo real. O Sigga faz parte do Projeto Eficiência da Manutenção (PEM) e contou com investimento de R$ 865 mil. O Tecon Rio Grande foi o primeiro terminal portuário do país a implantar o programa. Recentemente, a tecnologia também começou a ser utilizada pelo Tecon Salvador.

O projeto foi desenvolvido durante dois anos, incluindo etapas de benchmarking, planejamento, cotação de suprimentos, instalação, configuração, treinamento, testes e lançamento (Go live). Nos primeiros seis meses de uso do Sigga, o terminal apresentou melhoria nos indicadores de desempenho de manutenção, redução de backlog (colocar em dia os planos de manutenção), diminuição dos números de intervenções emergenciais, bem como aumento do controle de materiais e adequação das equipes de manutenção.

De acordo com Romildo Bondan, diretor de Operações do Tecon Rio Grande, a tecnologia viabiliza, entre outras coisas, mensurar com maior precisão a taxa de ocupação da mão de obra. “O Sigga possibilita adequar e reestruturar os turnos de trabalho com base em dados do sistema, além de aumentar o engajamento da força de trabalho a partir de indicadores de performance e melhorar a eficiência”, explica.

O Projeto Eficiência da Manutenção é desenvolvido há sete anos e faz parte do processo de melhoria contínua do terminal. Segue os pilares do World Class Maintenance (WCM), que une as melhores práticas de gestão de ativos do mundo, gerando maior produtividade, confiabilidade e qualidade.


Fonte: Portal Fator Brasil