| Grupo Wilson Sons
Compromissos com a Sustentabilidade

Compromissos com a Sustentabilidade

Entendendo a relevância dos temas socioambientais para sua maneira de fazer negócio, a Wilson Sons definiu um modelo de atuação que visa gerar e proteger valor, conectando a gestão de sustentabilidade com seus objetivos estratégicos. Dessa forma, torna-se concreta e legítima a perspectiva de reduzir impactos e criar oportunidades de negócio cada vez mais benéficas à sociedade e ao meio ambiente. 
  • Membro cofundadora do Conselho Brasileiro de Voluntariado Social (CBVE)

Uma rede de empresas, institutos e fundações empresariais que desenvolvem ou pretendem desenvolver programas de voluntariado empresarial. 

Acesse: http://www.cbve.org.br/

  • Integrante da Comissão de Responsabilidade Social do Instituto Brasileiro de Petróleo 

A Comissão de Responsabilidade Social Corporativa tem a missão de fomentar a implantação e a melhoria dos processos de Responsabilidade Social no setor de petróleo e gás.

Acesse: http://www.ibp.org.br/

  • Signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU)

A Wilson Sons foi a primeira do seu segmento a se tornar signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). No Brasil, a ação que mobiliza a comunidade empresarial para a adoção de políticas de responsabilidade social, tendo como ponto de partida dez princípios nas áreas de direitos humanos, direitos do trabalho, proteção ambiental e combate à corrupção. Acesse: www.pactoglobal.org.br.

Confira o Relatório Anual Integrado de 2018:

  • Publicação voluntária do Inventário Corporativo de Emissões de Gases do Efeito Estufa

Prática contínua que estimula a transparência de informações através da publicação do Registro Público de Emissões, plataforma do Programa Brasileiro GHG Protocol. Desde 2014, o inventário da Companhia tem sido qualificado com selo prata em virtude da maior completude dos dados. A prática contínua de quantificar as emissões destes gases estimula cada vez mais a cultura de reporte e transparência. O Grupo continua adotando tecnologias cada vez mais avançadas, que contribuem para a redução das emissões de gases de efeito estufa (“GEE”), como por exemplo: a modernização dos sistemas de propulsão convencionais a diesel das embarcações de apoio marítimo por sistemas diesel-elétricos mais eficientes; o uso de guindastes de pátio elétricos do tipo RTG (Rubber-Tyred Gantry) nos terminais de contêineres; e a ampliação da Central de Operações de Rebocadores (COR), possibilitando a redução do consumo de combustível através da otimização do deslocamento das embarcações. A Wilson Sons deu o primeiro passo para, no futuro, estabelecer uma política de mudanças climáticas, sendo uma das primeiras companhias do setor naval e portuário no Brasil a adotar a metodologia e publicar seu próprio inventário.